Governo: CDS-PP defende que Costa evitou a “remodelação de que o país precisava"
Quinta, 13 Julho 2017 22:52    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

nuno melo estufa friaO vice-presidente do CDS-PP Nuno Melo defendeu hoje que o primeiro-ministro "foi forçado a uma remodelação" e apostou no "elo mais fraco", os secretários de Estado, evitando a "remodelação de que o país precisava".

"O primeiro-ministro não fez uma remodelação, foi forçado a uma remodelação, e apostou naqueles que, dentro do Governo, são necessariamente o elo mais fraco", afirmou Nuno Melo aos jornalistas, antes do jantar de lançamento da candidatura da líder do CDS à Câmara de Lisboa.

Reiterando o pedido de demissão dos ministros da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, e da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, Nuno Melo argumentou que António Costa "evitou a remodelação de que o país precisava, desde logo nas áreas de soberania, de Estado".

O dirigente centrista considerou que o chefe do executivo retirou secretários de Estado e "deixou ministros que tutelam áreas onde tudo falhou".

Nuno Melo insistiu que "tudo falhou na Administração Interna, com furtos há pouco tempo de pistolas de nove milímetros, seguido de uma tragédia em que, do SIRESP à Proteção Civil, com culpas passadas de um lado para o outro e uma ministra desautorizada" também a falha foi generalizada, referindo-se a Pedrogão Grande.

"Na Defesa, quando a Europa inteira se mobiliza com grande dificuldade no combate ao terrorismo, desaparecem de um quartel de um país ocidental, que é membro da NATO, granadas ofensivas, lança-granadas, explosivo plástico", afirmou, criticando o que considerou ter sido a desvalorização feita pelo primeiro-ministro daquele roubo.

Nuno Melo sublinhou que foi roubado em Tancos "material de guerra" que é "particularmente letal".

Questionado sobre os oito novos secretários de Estado e a criação de uma secretaria de Estado para a Habitação, o dirigente do CDS disse não querer fazer "avaliações por antecipação em secretarias de Estado já existentes ou criadas".

"Apesar de tudo, esperamos que o desempenho destes secretários de Estado tenha mais sucesso que os anteriores", declarou.

 

História CDS

user4_pic

Conheça a história do Grupo parlamentar do CDS.

Parlamento Direto

bancada2014pq

Videos do Plenário, comissões e outras intervenções.

Iniciativas CDS

deputados_XII

Projectos de Lei e Projectos de Resolução apresentados pelo Grupo Parlamentar.

Deputados CDS

News image

Assunção Cristas

Círculo Eleitoral Leiria Presidente do CDS-PP

News image

Nuno Magalhães

Círculo Eleitoral Setúbal Presidente do Grupo Parlamentar Vice-Pres...

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Vice-Presidente do Grupo Parlamentar Vic...

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Hélder Amaral

Círculo Eleitoral Viseu Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Teresa Caeiro

Círculo Eleitoral Faro Vice-Presidente da Assembleia da República

News image

António Carlos Monteiro

Círculo Eleitoral Aveiro Secretário da Mesa da Assembleia da Repúblic...

News image

Álvaro Castello-Branco

Círculo Eleitoral Porto

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Filipe Anacoreta Correia

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Filipe Lobo d'Ávila

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Ilda Araújo Novo

Círculo Eleitoral Viana do Castelo

News image

Isabel Galriça Neto

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

João Rebelo

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Patrícia Fonseca

Círculo Eleitoral Santarém

News image

Pedro Mota Soares

Círculo Eleitoral Porto

News image

Vânia Dias da Silva

Círculo Eleitoral Braga