Incêndios: CDS reitera que ministra não tem condições para se manter no cargo por falta de respostas
Quinta, 10 Agosto 2017 16:18    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

nuno magalhaes ar pressO CDS reiterou hoje que a ministra da Administração Interna não tem condições para se manter no cargo alegando que continua sem dar respostas ou assumir responsabilidades sobre os incêndios de junho em Pedrógão Grande e que causaram 64 mortos.

O CDS considera “grave do ponto de vista político, um mês e meio depois da tragédia de Pedrógão Grande, que o país continue sem respostas claras e responsabilidades assumidas de forma clara do que realmente aconteceu e porque aconteceu”, disse o líder parlamentar centrista, Nuno Magalhães, em conferência de imprensa na Assembleia da República.

“O CDS já disse e infelizmente o tempo está-nos a dar razão de que senhora ministra não tem condições para continuar no cargo. Teimosamente o senhor primeiro-ministro mantém essa confiança”, disse Nuno Magalhães.

O líder parlamentar do CDS referia-se às declarações prestadas na quarta-feira pela ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, nas quais admitiu que houve descoordenação no posto de comando da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) no incêndio de Pedrógão Grande e que o local onde foi instalado não foi o ideal.

Constança Urbano de Sousa concluiu, tendo por base relatórios e inquéritos de diversas entidades, que se verificou uma “descoordenação no posto de comando da ANPC” do teatro de operações, “em especial com os outros agentes de proteção civil”.

Para o CDS, o que a ministra fez foram “acusações para quem comanda, processos disciplinares a quem comanda sem assumir qualquer tipo de responsabilidade, sem retirar daí conclusões, a senhora ministra ontem foi uma espécie de comentadora e não uma ministra e isso é grave numa área tão sensível como a segurança”, acusou o líder parlamentar centrista.

O presidente do Grupo Parlamentar do CDS considera que a responsável pela pasta da Administração Interna deve dar explicações em comissão, no parlamento. Como já existem pedidos para seja ouvida no parlamento quando forem retomados os trabalhos parlamentares em setembro, o CDS vai requerer que no âmbito dessas audições seja acrescentado um ponto para que a comissão de Assuntos Constitucionais possa discutir os relatórios apresentados pela ministra.

Segundo o CDS, a seguir aos incêndios a ministra começou por fazer perguntas a quem tutela e ontem [quarta-feira] passou a fazer acusações a quem tutela, ficam respostas por dar, responsabilidades por assumir como era sua obrigação e dever”.

“A senhora ministra acusou tudo e todos – ANPC, PSP, GNR, bombeiros, proteção civil, secretaria-geral do MAI. É preciso dizer à senhora ministra que quem manda é a ministra da Administração Interna. Todos tiveram responsabilidades, todos não, a senhora ministra e o secretário de Estado pelos vistos acham que não tiveram de qualquer responsabilidade na falta de coordenação na falta de capacidade de reação de quem comandam”, afirmou Nuno Magalhães.

 

História CDS

user4_pic

Conheça a história do Grupo parlamentar do CDS.

Parlamento Direto

bancada2014pq

Videos do Plenário, comissões e outras intervenções.

Iniciativas CDS

deputados_XII

Projectos de Lei e Projectos de Resolução apresentados pelo Grupo Parlamentar.

Deputados CDS

News image

Assunção Cristas

Círculo Eleitoral Leiria Presidente do CDS-PP

News image

Nuno Magalhães

Círculo Eleitoral Setúbal Presidente do Grupo Parlamentar Vice-Pres...

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Vice-Presidente do Grupo Parlamentar Vic...

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Hélder Amaral

Círculo Eleitoral Viseu Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Teresa Caeiro

Círculo Eleitoral Faro Vice-Presidente da Assembleia da República

News image

António Carlos Monteiro

Círculo Eleitoral Aveiro Secretário da Mesa da Assembleia da Repúblic...

News image

Álvaro Castello-Branco

Círculo Eleitoral Porto

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Filipe Anacoreta Correia

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Filipe Lobo d'Ávila

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Ilda Araújo Novo

Círculo Eleitoral Viana do Castelo

News image

Isabel Galriça Neto

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

João Rebelo

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Patrícia Fonseca

Círculo Eleitoral Santarém

News image

Pedro Mota Soares

Círculo Eleitoral Porto

News image

Vânia Dias da Silva

Círculo Eleitoral Braga