Nota pela morte do Prof. Doutor Diogo Freitas do Amaral
Quinta, 03 Outubro 2019 14:13    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

histo9A morte de Diogo Freitas do Amaral deixa de luto a Democracia portuguesa, que ajudou a fundar e a consolidar.

O fundador do CDS foi fundamental na constituição e implantação da democracia, trazendo, com a sua forma clara, calma e corajosa, os princípios da democracia-cristã europeia para o debate político nacional. Foi, aliás, o primeiro, a defender, logo a 19 de Julho de 1974, a integração de Portugal no projeto europeu. Foi também fundador, com Francisco Sá Carneiro e Gonçalo Ribeiro Teles, da Aliança Democrática tão importante no Portugal de 1979.

Notável jurista, professor catedrático da Faculdade de Direito de Lisboa e depois fundador e primeiro diretor da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, dedicou-se, desde a época mais conturbada, a dar o seu contributo a Portugal – que serviu como deputado constituinte, deputado à Assembleia da República, conselheiro de Estado, Ministro e Vice Primeiro-Ministro.

A sua candidatura à presidência da República, em 1986, foi um momento histórico na política democrática portuguesa.

Diogo Freitas do Amaral foi igualmente reconhecido internacionalmente, tendo sido eleito presidente da 50ª Assembleia Geral das Nações Unidas.

Após o seu voto, em 1992, a favor do  Tratado de Maastricht, Diogo Freitas do Amaral desfiliou-se do CDS. Não obstante, participou nas comemorações dos 40 anos do CDS, tendo afirmado:  "se, a dada altura, o partido caminhou mais para o centro-direita, e eu mais para o centro- esquerda", todos se mantiveram "honestamente dentro do amplo espectro abrangido pela Democracia Cristã europeia e mundial".

"Todos podemos, pois, olhar-nos, falar-nos e cumprimentar-nos uns aos outros sem qualquer embaraço ou desconfiança. Continuamos irmãos, embora separados”.

Para o CDS, a casa que construiu, Diogo Freitas do Amaral, será sempre considerado um homem de Estado, um notável académico, e uma figura fundamental da democracia-cristã europeia.

 O CDS apresenta as mais sentidas condolências à sua família, amigos e discípulos.

Actualizado em ( Quinta, 03 Outubro 2019 14:15 )
 

Deputados CDS

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Assunção Cristas

Círculo Eleitoral Lisboa Presidente do CDS-PP

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga