CDS quer explicações urgentes do MAI
Segunda, 20 Janeiro 2020 15:04    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

telmo correia com nome salao nobreÉ a "última oportunidade". Aviso deixado nos passos perdidos da Assembleia da República pelo deputado centrista Telmo Correia acerca das declarações de Eduardo Cabrita na entrevista TSF/DN sobre a compra de equipamentos por parte das forças de segurança.

O CDS entende que as declarações do ministro da Administração Interna "são obviamente inaceitáveis, até porque são falsas". "Mais do que falsas e inaceitáveis, são do nosso ponto de vista uma irresponsabilidade. É irresponsável um ministro com esta tutela vir dizer isto, porque este é um dos casos em que o ministro, além de ter a tutela, é de alguma forma o comandante, tem o mando e o comando das forças que garantem a nossa segurança no dia-a-dia", afirma Telmo Correia.

Sublinhando que as declarações são "uma ofensa para as mulheres e homens das forças de segurança", o deputado nota que a "perda de confiança" no ministro por parte das polícias fica implícita.

Os centristas querem, por isso, ouvir o governante no parlamento "imediatamente que seja possível e de forma urgente". Indo mais além, Telmo Correia sublinha que esta é a "última oportunidade" que Eduardo Cabrita tem pela frente: "Ou vem ao parlamento, esclarece estas declarações e em alguma medida se retrata delas, ou então é difícil que tenha condições para prosseguir o seu mandato enquanto ministro da Administração Interna porque está, de dia para dia, até pela falta de resposta, a perder essa confiança", conclui.

 

Fonte: TSF

 

Deputados CDS

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Gonçalves Pereira

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga