COVID-19: CDS-PP quer ouvir “com urgência” bastonários das ordens dos médicos e enfermeiros
Sexta, 06 Março 2020 17:35    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
 

ana rita bessa cec artv 1O CDS-PP quer chamar ao parlamento o bastonário da Ordem dos Médicos e a bastonária da Ordem dos Enfermeiros para uma audição com “caráter de urgência” sobre as medidas tomadas para enfrentar o surto de Covid-19.

O pedido de audição de Miguel Guimarães e Ana Rita Cavaco na Comissão Parlamentar de Saúde foi hoje anunciado pela deputada Ana Rita Bessa, numa declaração aos jornalistas na Assembleia da República, em Lisboa.

“O parlamento deve continuar a acompanhar a situação, deve continuar a saber o que é que está a ser feito a cada momento, a cada fase, para garantir o cuidado de saúde dos nossos cidadãos e, portanto, vamos chamar com caráter de urgência o senhor bastonário da Ordem dos Médicos e a senhora bastonária da Ordem dos Enfermeiros à Comissão de Saúde”, afirmou a deputada.

O objetivo desta audição será dar conta aos parlamentares “daquilo que são as dificuldades que vêm sentindo e em que medidas” será possível “ajudar a solucioná-las”.

Na semana passada, o CDS-PP requereu a audição, também com urgência, da ministra da Saúde, Marta Temido, que esteve na Assembleia da República na terça-feira a dar explicações sobre esta epidemia provocada por um novo coronavírus.

Esta nova audição, explicou, Ana Rita Bessa, pretende-se com os “últimos acontecimentos, designadamente relativos à Linha de Saúde 24, a Linha SNS 24”. Também sobre este assunto, o grupo parlamentar endereçou um requerimento ao primeiro-ministro, para que António Costa esclarecesse se esta linha "passará a funcionar cabalmente" após a nomeação de uma nova administração para a entidade responsável.

Aos jornalistas, a deputada assinalou que teve “ocasião de perguntar, quer à senhora ministra da Saúde, quer ao senhor primeiro-ministro, se [a Linha SNS 24] estava a funcionar cabalmente, tendo sido a resposta que sim, que até tinha sido reforçada com 100 enfermeiros”.

“Face aquilo que entretanto sucedeu, ao afastamento do seu responsável com fortes críticas à capacidade de resposta da linha” e “sabendo também que os profissionais de saúde se têm vindo a queixar de falta de informação, designadamente através da linha de apoio ao médico”, o CDS quer ouvir o que os “responsáveis pelos principais e mais diretos agentes no combate ao Covid-19”, têm para dizer.

Na próxima terça-feira será ouvida pelos deputados a diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, também sobre o novo coronavírus.

 

 

 

Deputados CDS

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Gonçalves Pereira

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga