CDS quer explicações do Governo sobre tempos de espera nas chamadas do INEM
Segunda, 01 Julho 2019 11:21    Versão para impressão

ana rita bessa 2016O CDS quer explicações do Governo por causa do atraso no atendimento das chamadas do INEM, que chega a ser superior a oito minutos, de acordo com uma informação avançada pelo Jornal de Notícias. O partido sublinha que alertou, há mais de um ano, para atrasos de mais de dois minutos e que o problema se agravou de forma muito significativa.

Ouvida esta manhã em Lisboa, à margem de um encontro de dirigentes centristas com responsáveis da CIP, a deputada centrista Ana Rita Bessa adiantou que, apesar de já ser difícil ouvir o governo na Assembleia da República devido ao calendário parlamentar, a situação deve ser esclarecida.

"Continuamos sem saber porque é que há mais de um ano alertamos para um problema que se avolumava, os próprios técnicos do INEM denunciaram situações graves por falta de meios e alertaram que este problema poderia acontecer e nós não estamos descansados e não percebemos como é que a tutela pode estar descansada", explicou Ana Rita Bessa, lamentando a ausência de respostas por parte do executivo socialista.

"Está anunciada há bastante tempo a contratação de 150 técnicos de emergência pré-hospitalar que ainda vai demorar tempo. Depois esses técnicos ainda terão seis meses de formação, pelo que o reforço de meios ainda não será para já", referiu a deputada, salientando que "estamos a entrar no verão com escalas de férias", o que, no entender do CDS, torna a situação ainda mais preocupante.

 

Fonte: TSF